Ter que lidar com a morte

Olá pessoas, como vocês estão?

Lidar com a morte é sempre muito complexo, não importa quantas pessoas você perdeu sempre terá aquela sensação de que algo pesado está entalado no peito, de que a vida é muito frágil e que precisa de apenas de um segundo para que a dona da foice chegue e carregue alguém que nós amamos.

Photo by Ron Szalata on Unsplash

A minha família já perdeu algumas pessoas e mesmo eu crescendo e passando por situações de morte, velórios e tudo mais, é sempre muito complexo lidar com o sentimento, pois precisar entender que aquele indivíduo não está mais entre nós é um sentimento pesado. Lidar com a realidade de que não ouvirei mais a sua voz, de que não vou ver o seu sorriso além de fotos, de que não terei sua opinião sobre algo que está acontecendo atualmente é muito difícil, afinal nada mais está lá, o que restou foi apenas uma lembrança.

O que mais pesa é a saudade da companhia, de saber que a pessoa não estará mais lá para fazer algo no sábado a noite, que não estará mais para trazer ótimas risadas referente as suas próprias histórias. Com isso o mundo vai se transformando em algo apático, o caminho até a casa do ente querido se mistura entre alegria do momentos felizes que foram vividos com o sentimento de perda em saber que aquilo tudo ficou no passado.

Como eu disse anteriormente, a morte nos mostra como somos frágeis e por isso que ela pode ser tão assustadora, por isso que nos impactamos quando algum famoso acaba morrendo, porque para ela não importam quem você é e de onde veio, perante a ela não existe distinção, se está na sua hora, ela vai te levar sem esclarecimento, às vezes pode ser que demore um pouco, mas ela é muito paciente e possui uma coisa que nós não temos em abundância que é o próprio tempo. Por isso nos choca, alguns de nós talvez tenha a sensação de que ainda havia muita coisa para se fazer em vida, no entanto para ela isso é apenas uma desculpa.

Mas ao mesmo tempo serve como um alerta, ela sem precisar se manifestar de forma direta nos dá o aviso de que possuímos um limite para fazer as coisa e por isso que precisamos aproveitar ao máximo esse tempo, pois com ela se consegue uma passagem só de ida.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Homens casados vivendo no Armário

Os jovens dos 18 aos 23 anos só reclamam de não conseguir emprego

Jogos de RPG das antigas