I created this world To feel some control

Olá pessoas, como vocês estão?

As pessoas que me conhecem de verdade, que no caso inclui apenas a minha família mesmo, sabem que o Twenty One Pilots está na minha vida faz um tempo e que eles não tem planos de sair. Depois de ouvir Bandito pela milésima vez, eu me peguei pensando muito nessa frase que criou uma certa relação com a minha pessoa, pois se você como eu precisa lidar com suas frustrações todo dia, que praticamente tem na sua agenda a tarefa chamada falhar hoje e sempre, sabe do que estou falando.

A frustração vem e dá uma rasteira, eu caio sem entender nada, mas quando dou conta do que aconteceu, me levanto e começo a sentir um peso nas minhas costa ao perceber o quão descuidado eu sou. Além de claro outras situações em que eu começo a me dar conta que eu não sou um protagonista de algumas coisa além da minha própria vida, que eu não sou o mais inteligente, o mais ágil, o mais requisitado e por aí vai uma infinidade da lista que praticamente você conhece. Acontece que nós, pessoas frustradas com a vida e conosco mesmo, começamos de alguma forma a criar um mundo na nossa cabeça, em que somos o melhor, temos as melhores performances e ninguém pode nos vencer, esse mundo é criado para nos blindar com o mundo real, às vezes pode ser um mundo escrito, um mundo apenas pensado, ou até algo mais fácil de visualizar como um jogo de MMORPG, em que você cria o seu personagem e começa a ser um dos melhores para mostrar o seu potencial que outras pessoas não veem.

Não vou mentir que é gostoso viver nesse mundo, você praticamente quer passar o tempo todo nele se divertindo, esquecendo o que há lá fora, se sentir prestigiado por estar participando dele, meio que se torna o seu propósito de vida. Mas claro que isso trás consequências, porque alguns de nós acaba se perdendo tão forte dentro dele que quando é necessário sair, cria uma repulsa, desenvolve medos ou até traumas sobre o mundo real, a todo momento que você está no mundo real, seja estar no trabalho, na escola, na academia ou qualquer outro lugar, a sua cabeça a todo momento fica pedindo para voltar para o fictício, é como um vício criado por dentro sem uso de alguma substância, pois esse mundo criado é um lugar seguro em que a própria pessoa dita as regras, ou seja, a sensação de ter o controle é muito gratificante, é um surto de tranquilidade e poder que se torna até obsessivo, é aquela sensação de querer mais e mais a cada dia, até o momento em que a própria realidade perde a graça, e aí meu amigo? Bem, os demônios que estavam ali dentro da sua cabeça apenas esperando a oportunidade de sair para fazer o caos se divertem, a auto depreciação se torna a sua melhor amiga, ela expulsa a autoestima e sempre que você tenta se reconciliar com ela, você é vetado pela sua própria mente, é como um segurança que diz: Autoestima alta? A não, aqui não aceitamos esse tipo de gentalha. Portanto acredito que aí nascem os melancólicos, os depressivos, que viveram tanto tempo vivendo uma fantasia que esqueceram que existe o real que irá cobrar o descuido que você teve com ele, eu sei, é uma naba, mas infelizmente são assim que as coisas funcionam e para estes casos recomendo uma terapia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Seja Mais, Tenha Mais, Saiba mais

Homens casados vivendo no Armário

Jogos de RPG das antigas