O digital é legal, mas a mídia física tem o seu valor

Olá pessoas, como vocês estão?

Eu praticamente criei um laço de amizade, ou até um romance com a sebo, pois é fascinante ver o tanto de coisa que as pessoas se desfazem em troca de dinheiro ou até um crédito, portanto apesar de estar gostando muito de usar coisas digitais, ainda assim me pego muito tentado a comprar mídias físicas de qualquer coisa, como por exemplo eu vi os dois álbuns da Pitty à venda, mas infelizmente o meu crédito não foi o suficiente para poder levá-los, portanto estou torcendo para que quando eu for lá no mês que vem, que ainda estejam lá para eu pegar mesmo que eu não vá ouvir, ainda sim é muito interessante e satisfatório poder abrir o álbum e ver o CD ali, com as fotos do artista e tudo mais, acho vou levar até o da Rita Lee ao vivo. Outra coisa interessante são disco de Vinil, tem cada um mais lindo que o outro com bandas realmente fortes como Rolling Stones, Beatles, Abba, AC DC e muitos outros, vontade até de colecionar, porém não estou tão rico (para ter uma vitrola) quanto o jovem de 18 anos que abriu uma startup e agora está vivendo nas Bahamas.

Photo by Namroud Gorguis on Unsplash

Outra coisa que há muito em abundância são filmes e jogos antigos de PC, infelizmente não tenho um PC com leitor de CD/DVD, senão com certeza eu compraria algum Dungeon & Dragons de Win XP só por ter, talvez eu faça uma coleção disso também, já estão lá há tanto tempo que as pessoas nem se lembram mais que existe, ou não dão a mínima para aquelas joias raras. Há também muita história em quadrinho e mangás, mas como são vários títulos separados e sem seguir uma sequência, não tem muito o motivo de tentar colecionar, até porque são vários livros em uma coleção, portanto as pessoas não tem muita paciência de estar indo atrás de todas as obras para fechar uma coleção de mangás, por exemplo.

O mais interessante também é ver a área de revistas, há de todos os tipos e você consegue ver na capa como tudo é muito antigo, revistas de jogos falando do GTA de Playstation, ou até de notícias dos anos 2000, eu vi até um pôster do filme do Pokémon que está lá jogado no tempo. Isso de alguma forma me fascina ver o tanto de material em um só lugar, eu poderia passar horas lá dentro e não me cansaria, ver todo aquele material disponível esperando para ser consumido, aproveitado no seu próprio momento é muito gratificante, eu amo tanto essa sensação de anos 90 e 2000 que até hoje tenho vontade de comprar um Gameboy e suas fitas, porém vídeo games antigos praticamente viraram relíquias e às vezes custam até mais caro do que um atual.

Possivelmente essa coisas irão se perder com o tempo, a sensação de pegar uma mídia física e tirar do plástico não estará mais disponível assim para todos, mas espero que mesmo que o ser humano evolua para algo digital, que lugares como uma sebo ainda existam para ao menos simular aquela sensação de comprar um artefato, chegar em casa, abrir e ter o prazer de poder manuseá-lo.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Jogos de RPG das antigas

Homens casados vivendo no Armário

Os jovens dos 18 aos 23 anos só reclamam de não conseguir emprego