O problema de criar expectativa

Olá pessoas, como vocês estão?

Está aí algo que o meu cérebro é mestre em fazer, não há ninguém nesse mundo que possa ser tão bom quanto eu em criar expectativa(na verdade há, mas também posso levar esse mérito), não posso ver uma oportunidade surgindo para que o meu cérebro crie muitas teorias e estórias que apenas acontecem dentro da minha cabeça, seja alguma oportunidade de iniciar um novo projeto, um novo trabalho, ou a possibilidade de conhecer alguma pessoa. Independente de qualquer situação na minha vida, o meu cérebro começa a criar uma fanfic baseado naquilo que nem começou.

Photo by Yasin Yusuf on Unsplash

O pior problema de criar a expectativa é que, a história dentro da cabeça parece ser mil maravilhas, está tudo esquematizado dentro do cérebro, preso dentro daquele mundinho inteiramente nosso, porém com o tempo ele começa entrar em choque com a realidade, que nos dá um sacode e nos coloca no devido lugar, portanto após isso vêm a fatídica frustração, o medo, a insegurança que nos joga lá para baixo e diz: fica aí, reflita sobre isso e só sobe se tiver alguma força, se é que sobrou alguma. É meu caro, viver a vida é criar inúmeras expectativas e não atingir nem dez por cento delas, é olhar para trás e pensar que não era nada daquilo que você estava esperando.

Algumas expectativas podem ser para o melhor, ou podem ser para o pior, tudo vai depender de contexto, dedicação e um pouquinho de sorte para que as coisas realmente se concretizem de forma eficaz, mas com o tempo e com a arte de quebrar a cara você aprende a ser mais cauteloso, aprende a dar um basta no cérebro quando ele vem com aquele ar de esperança, dando aquele flerte com a expectativa, um oizinho de como alguém que não quer nada, mas que no fim sairá de fininho ao perceber que a história é completamente diferente do que você tinha imaginado.

Há pessoas que consideram que criar uma expectativa sempre para o lado negativo pode ser uma ótima saída, mas eu discordo em partes, porque realmente pensar no pior pode lhe render uma ótima surpresa, por ser algo melhor do que era esperado, porém esse pensamento negativo pode consumir aos poucos e ao invés de ser uma blindagem contra o seu cérebro para ele não ter esperança, acaba virando uma verdade para ele e portanto você começa a sentir que você não é o suficiente, ou que nunca será bom do modo como se exige, contudo eu comecei a desenvolver um modo de defesa que eu praticamente sequestrei da psicóloga da minha irmã que consiste em basicamente o que? Quando o seu cérebro chegar do nada e imaginar que aquele menino/menina que te deu um oi será o seu próximo marido e que vocês irão viver na Europa, ou que o próximo emprego terá ótimas pessoas com quem você irá gostar de viver, ou se o seu próximo projeto será um fracasso e ninguém irá levar a sério, chega no seu cérebro, pega ele pelo colarinho e pergunta de forma séria: Qual é a evidência que você tem de que isso realmente vai acontecer dessa maneira?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Jogos de RPG das antigas

Homens casados vivendo no Armário

Os jovens dos 18 aos 23 anos só reclamam de não conseguir emprego