Não pire o cabeção e vá no seu próprio tempo

 Olá Matheus, como você está?

Eu vi como você realmente perdeu muito a velocidade nos seus estudos, e que você ainda está tentando aos poucos entender o porquê. O calendário em que você marca os dias em que estudou está mais branco do que você esperava, parece que sempre ao olhar para ele te traz aquela dor de pensar que poderia ter sido mais, de que poderia ter feito muito mais e estaria mais longe e este motivo pode ser o que te faz desacelerar nos estudos, de querer ficar parado por não se achar bom o suficiente ou de que nunca conseguirá aprender aquela nova habilidade.

Mas fique sabendo que está tudo bem, essa corrida não declarada a produtividade é um mal que está cercando todos os jovens e adolescentes que estão chegando, devido a essa corrida em busca do pódio da felicidade inexistente, está aí uma coisa que você já viu e irá ver muito que é o fracasso em si, ele faz parte deste mundo moderno que apesar de fracassar em muitos aspectos, ainda sofre um grande preconceito em falar e mostrar. 

Photo by Michael Dziedzic on Unsplash

O mundo mudou muito desde época dos seus pais, parece que hoje para você conseguir alguma coisa meio que necessita vender toda a sua energia em troca de alguma migalhas que podem te fazer pensar que você é alguma coisa nesse mar de 7 bilhões de pessoas. O Youtube e uma boa parte dos digital influencer querem mostrar, dizer que você pode mais e que o que você está fazendo talvez seja bem pouco para o sonho que você almeja, mas sinceramente, por que não podemos se contentar com este pouco?

Eu sei que você se sente limitado, isso no quesito de as vezes não se sentir contente em querer fazer as coisas, não se sentir confiante, o medo de errar está sempre ali do seu lado para lhe lembrar que você na verdade é mais um que viverá frustrado, mas sinceramente precisamos dar ouvido a esse seu outro eu? Sabemos que ele está ali para te fazer se sentir cada vez mais para baixo, mas sinceramente quem é ele para dizer uma coisa dessas? O que ele fez de bom para se sentir a altura de menosprezar você? Nada.

Para mostrar a ele que podemos ser muito mais do que ele diz ser, você criou um método de estudo, sim, isso que é algo que ele nem teve a audácia de fazer, colocamos no nosso calendário com os vazios uma frase que praticamente consiste em tudo que estamos disposto a lutar que é Meia hora todo dia é melhor que 1 semana sem nada, porque nós almejamos o nosso futuro como alguém que deseja criar algo para deixar no mundo, ser um programador e também um escritor, mas diferente do seu eu tóxico, nós vamos aos pouquinhos, bem de leve, sem nenhuma cobrança, mesmo se ele aparecer de mansinho para dizer que você fez pouco, bata a porta na cara dele e lembre de que quem fala muito geralmente não faz nada, ao contrário de você que fica muito tempo quieto perdido no seu próprio mundo e que prefere iniciar as coisas sem fazer muito barulho.

Por fim os seus fracassos, bem, as vezes dói dar uma olhada para eles e ter aquela sensação de tempo perdido, mas ao invés de olhar para eles com aquele ódio e desprezo, por que não simplesmente fazemos amizade com eles? Como você mesmo havia escrito uma vez, a vida é feita de fracassos e olha o quanto deles você teve, isso prova que você é um ser medíocre, ou que está sempre em constante movimento? Sinceramente, se você fosse realmente um nada, não teria tentado nem metade dessas coisas e ainda não estaria tentando, mas não, você é teimoso e convicto de que se mesmo não der certo, você ao menos vai tentar, se agarrando naquela que também pode ser a melhor característica humana, a esperança.

Saiba que junto com você eu vou estar ali, tentando lutar contra o outro e dizendo para ele ficar quieto enquanto temos trabalho para fazer, e fique ciente que o Matheus do passado não ficará decepcionado se tudo der errado, porque ele ainda é ingênuo e não sabe pelo o que você passou, talvez ele até olhe e pense que pelo menos você tentou e deu o máximo de si, e que se mesmo no fim da sua vida você estiver não realizado, um dos sentimentos que não serão carregados com você é o do arrependimento de não ter tentado.

Do seu eu do bem.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Jogos de RPG das antigas

Parques de Diversões

Demolidor: O homem sem medo - HQ Marvel