Os jovens dos 18 aos 23 anos só reclamam de não conseguir emprego

Olá pessoas, como vocês estão?

    Ultimamente eu criei no Reddit um perfil para interagir com as pessoas de alguma forma online, pois queria trocar experiências de alguma forma e eu não sabia muito bem como fazer isso, então ele foi praticamente a minha salvação. Mas uma coisa que eu ando observando muito que tem na comunidade (eu chamo de comunidade, dane-se) é a quantidade de pessoas que estão com uma crise dos vinte batendo na porta, principalmente porque é nessa idade que tentamos procurar o nosso primeiro emprego e nos frustramos com o mundo corporativo que pede para experiência em algo, sendo que é o primeiro emprego, portanto bate aquele desespero de que nunca conseguirá um emprego.

Photo by frank mckenna on Unsplash

    Eu sei que é um desespero, principalmente para quem ainda está a anos tentando achar algo e não consegue, porque eu fiquei aproximadamente 6 meses sem fazer nada e cada dia me sentia cada vez mais mal, como seu eu não tivesse um propósito ou que era alguém totalmente descartável (o que não está errado nessa última observação, mas vamos fingir que não), fora a pressão dos pais dizendo que você não quer nada com nada, ou que é preguiçoso por não estar procurando algo, sendo que algumas entrevista até surgem, mas aí dois dias depois vem aquela mensagem triste na caixa de e-mail "Você não foi selecionado, mas iremos guardar o seu currículo para um próximo processo seletivo", portanto a sensação de impotência e incapacidade crescem dentro do jovem que está ali suplicando por um emprego, isso quando não fica naquele vácuo durante dias sem uma resposta, portanto o indivíduo vai lá liga para a empresa, descobre que já contrataram e que esqueceram de enviar um retorno para os não selecionados (esqueceram, aham, sei...). 

    Puxando já um belo de um gancho aqui, sinceramente empresas, que resposta mais merda dizer que vai guardar o currículo para um próximo processo seletivo, sinceramente, você irá excluir o arquivo e nunca mais saberá quem é aquela pessoa, então sugiro só dizer que não deu e é isso. Mas outra coisa também que dá aquela sensação de pesar é quando vai para entregar o currículo para a pessoa e ela faz bem pouco caso dele, praticamente joga na mesa dela com uma pilha de outros documentos, naquele momento se percebe que a chance de ser chamado será reduzida a 0, porque provavelmente ela vai perder o currículo ali no meio e nem vai saber mais dele, vai encontrar meses depois quando tiver que consultar aqueles documentos de novo, ou simplesmente vai jogar no lixo. É frustrante, eu me recordo quando eu fui numa empresa e o cara fez muito pouco caso de mim, sério, ele foi um grande !@$#%¨&(Isso é um palavrão em forma de código, pois vamos ser politizados aqui) porque ele disse que o RH não estava na empresa no momento, e então eu perguntei se demoraria muito, ele disse que provavelmente não, eu sendo um jovem mancebo disse que esperaria até ela chegar, portanto ao invés de ele ser um bom cidadão e dizer que pegaria o meu currículo e deixaria na mesa dela, não, ele me deixou lá esperando em pé com uma cara de medo (porque eu estava nervoso com aquele de monte de gente me olhando ali perdido) e saiu, aí depois de uns 5 minutos ele disse com uma voz de ranço que pegaria o currículo e que entregava para ela, a minha teoria é que ele só jogou fora.


    Para finalizar vou tentar dar um sopro de esperança para você com algumas dicas, que a propósito podem dar totalmente errado, mas pelo menos você tentou. Primeiramente faça um mapa, ou melhor, uma lista de todas as empresas que você vai enviar currículo, coloca o nome da empresa, o site, endereço, e-mail de contato e o serviço que ela presta, ou algo que lembre do serviço que ela presta (porque você vai precisar disso antes de ir para entrevista) e por fim pode deixar um campo de observação para você marcar se foi chamado, se foi rejeitado ou se incineraram o seu currículo assim que você saiu da empresa. Isso vai te ajudar para ficar mais organizado e também para caso o seu pai dizer que você não se move para procurar um emprego, porque aí você pode só enviar essa lista e dizer: Você tem certeza no que está dizendo paizinho?
   Envie o currículo de forma online se possível, algumas empresas até fornecem aqueles formulários gigantes para você se cadastrar (o que eu não confio neles, acho que o RH deve até esquecer de ver aquilo), se você enviou de forma online e não recebeu nenhum retorno de um ser humano dizendo que recebeu, liga para empresa e confirma se receberam, diz que você quer conversar com a responsável pelo RH, ou seja mais chato ainda e apareça na empresa com o seu currículo em mãos e diz: Oi, eu enviei o meu online, mas não recebi um retorno dizendo que foi recebido, então vim entregar o meu pessoalmente para ter certeza que receberam e ficar disponível para uma entrevista (Não precisa ser exatamente essas palavras, porque se você falar de forma decorada vai parecer um estranho, mas vai nessa ideia).
    Para finalizar de vez agora, não fique com medo, vai dar um friozinho na barriga, ou aquele nervosismo de ficar suando, mas tenta se acalmar e vai lá, você não é uma pessoa inferior por estar procurando o seu emprego, isso mostra que você está tentando e disposto a buscar experiências, isso pode ser que não fique claro para a pessoa que está recebendo o seu currículo, mas precisa ficar claro para você, coloca isso dentro da sua mente para que você crie a confiança de chegar lá e dizer: Tia, tá aqui o meu currículo e estou pronto para trabalhar, me chama se aparecer algo, falou. (Claro, é bom deixar explicado que não é assim que você vai falar com a responsável pelo RH, mas se você achou que poderia chegar falando isso, você é doido).


    Depois é só aguardar a chegada de uma possível entrevista, aí você irá aplicar as técnicas de entrevista que você pode achar aos milhares na internet, como estudar sobre a empresa (as vezes você pode até ligar e pergunta com o que eles trabalham e tudo mais), ou muitas vezes se ela presta algum serviço online, como por exemplo se for uma empresa que desenvolve sites para petshop, se ela tiver os dados de contato disponível para você ligar, você pode ser um garoto(a) esperto, ligar e dizer que você está interessado em saber mais sobre o serviço (sim, se passar como cliente e até criar um cadastro com dados fictícios, afinal, ninguém vai saber) e tirar suas dúvidas como que funciona, como que é o sistema, faça perguntas. Minha última dica sobre entrevista, já que não é o foco do post, mas eu quero lhe dar um sopro de esperança como eu disse no começo, não vá com frases realmente prontas do que vai dizer, mas deixa algumas coisa preparadas, como aquelas perguntas de cite três qualidades/defeitos, como você se vê daqui a 5 anos(essa é frustrante, mas cria um planejamento para dizer) e a história do fale sobre você mesmo.

    Agora terminei de verdade, desejo sucesso a você e vá distribuir esses currículos para todo mundo, seja aquele chatão que quer que todo mundo veja a sua nova descoberta, e tenha em mente que as coisas podem dar errado, mas isso faz parte do jogo corporativo e o bom é que as fases ruins passam.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Jogos de RPG das antigas

Parques de Diversões

Demolidor: O homem sem medo - HQ Marvel