Jogos de RPG das antigas

Olá pessoas, como você estão?

Resolvi trazer para vocês um pouco mais do meu lado nerd e falar como eu comecei a jogar RPG, mais especificamente o Mu online.

Para que você não sabe, nunca ouviu falar, Mu Online é um jogo de RPG desenvolvido pela Webzen e lançado no ano de 2001 (faz tempo mano!).
Na cidade que eu morava esse era o jogo do momento, na verdade ele competia um pouco com o Tíbia, mas eu me recordo que muitas pessoas já haviam ouvido falar nesses dois jogos e no colégio onde eu estudava havia muitos jogadores.

Mas claro, o Mu que nós jogávamos era um servido Brasileiro, desenvolvido por um cara que resolveu pegar esse mundo e adaptar para nós, os BR.
Na época o servidor que estava em alta na cidade onde eu morava era o MuDBZ, sim, era um Mu baseado no Dragon Ball Z e tinha até algumas armaduras que era o Goku, Vegeta, Gohan, Cell e muitos outros personagens e eram armaduras bem raras.

O Mu era um jogo simples, bonito e muito repetitivo, por ele ter essa mecânica fazia o jogador se viciar cada vez mais, eu até quase fiquei em recuperação em matemática por causa disso (crianças não façam isso).


O início da minha jogatina

Na época havia um dos meus amigos que jogava esse jogo, ele era conversava de vez em quando com outros jogadores da escola sobre esse jogo, até que outros dos meus amigos começaram a ir jogando e eu fui ficando de fora, porque muito deles ficavam conversando sobre isso o dia inteiro, enquanto que eu ficava lá boiando perguntando: Mano, que droga é uma pants? O que é uma RB?

Até que um belo dia, em que quase todo mundo estava jogando, eu resolvi entrar na brincadeira também, até porque a minha havia conseguido comprar um computador novo que rodava esses jogos mais leves, então eu baixei e fui experimentar. Na verdade muito dos meus amigos estavam tentando me convencer a jogar, mas eu sempre ficava me esquivando, até que um dia eu resolvi embarcar nessa.

Eu lembro até que eles criaram a conta para mim, o personagem, colocaram as armaduras disponíveis na lojinha do jogo, uparam alguns levels para eu conseguir o meu primeiro reset. Eu lembro que de primeira eu tinha muitas dúvidas (como todo jogador que começa com um RPG novo), aí eu lembro que fui jogando e conhecendo aquele mundo, até que um dia eu me estressei e disse que não queria mais, porque o jogo no começo é muito difícil e enquanto meus amigos estavam fortões com 200 resets, eu tava lá tentando alcançar o meu primeiro. Aí eu fiz aquela cena de criança birrenta e disse que não ia jogar mais, porque ninguém me ajudava... Criança né gente.

Por fim eles resolveram me ajudar e acredito que foi uma das melhores/piores coisas que fizeram, afinal o jogo era bom, era muito daora poder jogar ao vivo com os seus amigos, cada um em sua casa conectado no jogo fazendo as coisas, e olha que naquela época nós nem usávamos Skype, TeamSpeaker, nem nada, era só por texto mesmo e era muito bom.

Na escola nós só falávamos disso, era o tempo todo falando do jogo, descobrindo os bugs que nos favoreciam, os boatos do jogo, as melhores armas, as armaduras, as guerras de guilda, os X1, mano era incrível como nós poderíamos ficar falando disso por uma vida inteira, de tanto que nós éramos fissurados.

Mas com nem tudo são flores, eu comecei a ir mal na escola, principalmente em matemática, as outras matérias eu me virava, era acima de 7, mas em matemática naquele ano eu tirei 5 no boletim e a minha mãe ficou furiosa, ela queria o meu pescoço, sério, e foi tão sério que ela tirou o meu PC e o meu pai guardou o meu PS2 na caixa e escondeu, acredito até hoje que ele escondeu no forro da casa, mas não tenho certeza, ele nunca me disse.

Mano, para mim foi a maior perda da vida, porque eu fiquei 2 bimestres sem jogar nada, com sede de jogatina e para melhorar eu sabia o que tinha que ser feito, estudei matemática e tirei um 8, depois um 9 e no fim do bimestre eu tive que tirar um 8 de novo (senão me engano).
Ou seja, estudem crianças.

O pior é que eu não deixava de fazer as coisas por conta dos jogos, mas que eu não prestava atenção na aula, enquanto o professor ficava explicando a matéria, eu estava lá, perdido nos meus pensamentos de quantos resets eu precisaria para ficar full. Foi chato, mas aprendi a lição.

Por fim, Mu era o meu jogo favorito, eu adorava aquele universo e quer ver quando ele atualizou para a versão 2.0, que tinha novos mapas, armas, armaduras, os resets para fica full era maior, tudo influenciava para nós jogadores ficarmos ávidos por mais e mais do jogo.


O jogo era viciante, sério, nos fins de semana eu ficava o dia inteiro na frente do computador, jogando, negociando os itens, upando, saudades daquele jogo. Eu até tentei jogar de novo de algum tempo, mas aí com a evolução dos jogos de hoje, o Mu se tornou algo obsoleto e muito nichado, sério, hoje o servidor que tiver 100 jogadores online está no lucro.

Este foi o jogo que se apropriou do meu ser e me ensinou conceitos básicos de RPG, além de que proporcionou ótima lembranças como um gamer, eu acho que por eu ter jogado tanto naquela época me fez perder a vontade de eu jogar tanto hoje, para eu jogar mais de 2 horas hoje é raro, as vezes eu fico até semanas sem jogar, mas isso é algo para outro post, ou vídeo... Vou pensar elaborar melhor isso.

Mas se você tiver lendo esse post, me conta no comentário, qual foi o jogo que fez você gastar horas jogando.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parques de Diversões

Demolidor: O homem sem medo - HQ Marvel