A comemoração do Natal

Olá pessoas, como vocês estão?

Pois é, resolvi fazer um post dedicado ao Natal e falar como eu gosto desta data festiva.

O Natal sempre me trouxe muitas lembranças boas, principalmente da minha infância, em que eu me recordo de ir na casa do meu avós e encontrar os meus tios e primos, para nos atualizar das coisas e curtir essa data. Isso sempre foi uma coisa que trazia um pouco a sensação de "preciso disso", porque na época não era fácil ir para casa dos meus avós, portanto para mim era o evento anual da família.

Para se situar, os meus avós moravam em Porto Alegre e eu morava numa cidadezinha chamada São Ludgero que fica em Santa Catarina, na época nós íamos geralmente de caminhão (porque o meu era caminhoneiro e ele viajava bastante para lá), e como a estrada era pista simples, levava praticamente 7 horas de viagem para chegar na casa dos meus avós.

Eu lembro que todo fim de ano para mim era a coisa mais incrível que tinha, porque eu adorava viajar e ter a sensação de poder arrumar as malas e ir para o Rio Grande do Sul ver os meus avós, primos e tios, ter aquela sensação de poder comemorar junto em família, revelar o amigo secreto e por fim ser muito grato por ter aquelas pessoas ao redor.

Então sim, posso dizer que o natal é um dos eventos que eu mais gosto hoje.



O que sinto falta do Natal?

Uma das coisas que me faz sentir falta do Natal é o meu avô, porque ele era uma das pessoas mais incrível e engraçadas que eu conheci, só que não apenas ser engraçado fazendo palhaçada, mas apenas sendo ele mesmo, tentando contar as piadas sem parar de rir e falando das coisas que aconteciam com ele, ou apenas sendo ele. Eu me recordo que na casa onde ele morava tinha uns armários e em cima destes armários tinham muitas caixas de bombom, porque assim como eu, ele era muito fissurado em doces... Sempre que ele voltava do serviço, trazia pote de sorvete para nós.

Essa é a foto que eu tirei com ele quando tinha 1 ano, eu acho.


Outra coisa que eu sinto bastante falta são as luzes.... Mano, cadê as luzes das pessoas?
Sim, eu estou falando literalmente de luz, porque antigamente eu lembro de muitas casas estarem enfeitadas com pisca pisca, bonecos de papai noel e outras coisas, hoje eu não vejo muito disso, são bem pouquinhas casas que tem, a maioria não coloca nem um boneco de papai noel.

Isso eu acho chato, porque para mim uma das coisas mais incríveis era ver as casas das pessoas bem coloridas e com um monte de coisa, quero acreditar que talvez não esteja tão colorido devido a conta de luz, mas não afirmo se seria somente esta a questão.


Por outro lado, o centro da cidade está bem bonito e bem iluminado.

Por fim... 

Por fim é isso, eu gosto do Natal, da celebração que ele propões e me entristece em saber que muitas pessoas não tiveram o privilégio que eu tenho, portanto eu tento aproveitar o máximo possível.

Eu não vou querer entrar muito no mérito do consumismo, porque o Natal apesar de ser algo muito legal de celebrar e dar presente para as pessoas, eu não o vejo desta maneira, eu geralmente compro uma lembrancinha para não deixar em branco, mas o que eu mais gosto é essa questão de estar em família e ser muito grato por ter uma família.

Espero que o seu Natal seja tão bom quanto o meu e que você aproveite tudo o que há de melhor.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Jogos de RPG das antigas

Parques de Diversões

Demolidor: O homem sem medo - HQ Marvel